BLOG

Conteúdo para seu desenvolvimento

 

Como formar equipes engajadas e motivadas

Assunto:

13/02/2019
Comentários: 0

Como formar equipes engajadas e motivadas

equipes que se complementam e se ajudam

Dificuldades em manter talentos na organização, obter melhores entregas, conseguir engajamento para resultados extraordinários, são alguns dos grandes problemas que as organizações enfrentam, não importa o tamanho.

Eis aqui uma pequena estorinha para representar uma grande verdade e vantagem competitiva em qualquer negócio:

AS TRÊS IRMÃS:
Os americanos nativos usam o termo "três irmãs" para se referirem ao milho, feijão, e abóbora. Estas três irmãs dão uma lição na cooperação ambiental que os americanos nativos sentem que todos os seres humanos devem praticar hoje.
Plantadas juntas:
- o milho fornece a haste para os feijões escalarem
- os feijões fornecem o nitrogênio ao solo para nutrir o milho
- a abóbora protege a terra, impedindo a competição da vegetação não desejada e protege as raízes rasas do milho. Também contribui para a preservação da humidade no solo.
Este princípio é ainda hoje praticado no nosso país, conhecimento sobretudo das gerações mais antigas e das regiões mais remotas. É uma técnica que aumenta a produtividade reduzindo o esforço, pelo que é uma excelente ideia a considerar na sua horta.
O milho, feijões e abóboras, complementam-se: milho o hidrato de carbono, os feijões para a proteína e a abóboras para a vitamina A.

Lendo este pequeno texto, me veio à memória o ambiente de trabalho, onde diariamente nos esforçamos para dar nosso melhor, ter as melhores ideias, executar os melhores serviços e negociar as melhores vantagens para a empresa. Tudo isso é importante, buscar resultados, atingir metas, superar limites, competir e ganhar, quem nunca sonhou em ser um vencedor? Aí vem a pergunta: Como formar equipes engajadas e motivadas?

Aí que entra esta pequena ilustração: num mundo cada vez mais preocupado em ganhar, fazer, competir, quebrar recordes, já se parou para pensar em como fazer isso acontecer continuamente? Não é para isso que anualmente são gastos milhões e até bilhões em treinamentos e certificações no Brasil e no mundo? Como mostra esta pesquisa: https://bit.ly/2NLlXRR


Não é uma fórmula secreta, guardada a sete chaves, escondida com gurus de administração, mentores espirituais, coaches, não mesmo! É algo simples: conhecer as pessoas que trabalham com você, gestor, líder, chefe. Conhecer mesmo, de verdade! saber quem são, o que fazem, como fazem e o que mais gostam de fazer. Qual é a substância de que são feitos? Quais os átomos que formam seus subordinados?

Uma vez que se conhece quem são seus Recursos Humanos, as PESSOAS que trabalham com e para você, aí se pode produzir de acordo com a dica desta ilustração.

Conhecer seus Recursos Humanos é primordial em qualquer empresa, sejam os funcionários, os terceiros, e até os fornecedores, todos fazem parte das entregas e resultados que a empresa produz.

Misturar pessoas estrategicamente

Conhecer suas competências e reuni-las na execução das tarefas do dia a dia, nos projetos, no desenvolvimento, na operação.
Uma pessoa criativa, com outra operacional, com outra integradora.
A criativa irá buscar sempre novas maneiras de se produzir melhor, de eliminar barreiras, de suavizar as dificuldades dos processos.
A pessoa operacional vai produzir, fazer acontecer, por a mão na massa, agilizar as coisas, finalizar as tarefas.
A integradora irá analisar, estudar, fechar as lacunas entre a criação e o desenvolvimento, entregar o trabalho e vendê-lo de forma sadia, sem sonhar demais, e nem fazer demais, apenas juntar os pontos.

Uma equipe com estes 3 elementos será de grande sucesso!

O papel do líder é descobrir estes talentos e habilidades entre os seus e organizar suas equipes de modo que cada um se complemente entre si e que as equipes se completem visando sempre atingir os resultados de forma duradoura, consistente e com qualidade, onde todos saem ganhando. Estes elementos são os que formam a cola que une o grupo. Podem ser os pontos fortes entre as pessoas, as lacunas que um pode ajudar a preencher e ajudar o outro, maneiras diferentes de trabalhar, atitudes e habilidades complementares.

Para obter este conhecimento existem inúmeras formas, uma delas é efetuar um assessment com as equipes, mapear suas competências e comportamentos, descobrir os pontos fortes de cada empregado, entrevistar seus subordinados, estudar suas habilidades e analisar suas entregas. Elaborar KPI's (Indicadores-chave de Performance) e no decorrer de alguns meses medir o desempenho dos integrantes das equipes, executar testes de avaliação 360 graus, ir a fundo no conhecimento das pessoas que formam a empresa.

Não se trata apenas de acompanhar as entregas, resultados e produtividade, como muitas empresas tradicionais acabam fazendo e julgando seus colaboradores na base de seus esforços e números. Não! Estas avaliações precisam ser mais profundas e abrangentes. Existem nuances que as pessoas não trazem para o trabalho. Pode levar algum tempo, porém os resultados de se conhecer e conectar as pessoas certas nas equipes se tornam fundamentais e atingem entregas muito melhores para a empresa e principalmente, os indicadores de satisfação no trabalho, que fomentam ainda mais o engajamento entre os membros das equipes.

 


Tags:

equipes motivadas, engajamento, como formar equipes que entregam, as três irmãs



COMENTÁRIOS

Veja o que falam sobre isso

Como formar equipes engajadas e motivadasup

Sem comentários para este Post

Seja o primeiro a comentar!

Deixe aqui seu comentário!



Como ser seu prximo salrio? -

Artigos do Blog

23 agosto 2019

Chegou a hora de ser feliz no trabalho!

Conflito de Gerações (X, Y e Z) no ambiente de trabalho. E aí, como cabeças tão diferentes interagem no dia à dia? Como pensam as diferentes gerações quando se deparam juntas? Vamos falar um pouquinho sobre isto?

ler mais

13 agosto 2019
03 maio 2019
23 abril 2019

Sua Experiência não vale nada!!!

Como recrutador e responsável por um Portal de Empregos e Carreira é assustador a quantidade de pequenos detalhes não observados na hora de montar e apresentar o currículo. Espero que com estas dicas a coisa mude.

ler mais

17 abril 2019
11 abril 2019